Setembro Dourado

Mês de Combate ao Câncer Infantojuvenil

Mês de Combate ao Câncer Infantojuvenil

O Mês de Setembro é medalha de Ouro para o Combate ao Câncer Infantojuvenil

O CÂNCER INFANTOJUVENIL

O Diagnóstico começa também com a informação

O câncer infantojuvenil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afetam os glóbulos brancos) e os do sistema nervoso central e linfomas (sistema linfático).

Também acometem crianças e adolescentes o neuroblastoma (tumor de células do sistema nervoso periférico, frequentemente de localização abdominal), tumor de Wilms (tipo de tumor renal), retinoblastoma (afeta a retina, fundo do olho), tumor germinativo (das células que vão dar origem aos ovários ou aos testículos), osteossarcoma (tumor ósseo) e os sarcomas (tumores de partes moles).

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA, no Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte (7% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, para todas as regiões.  Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no país por ano, em 2016 e em 2017. As regiões Sudeste e Nordeste apresentarão os maiores números de casos novos, 6.050 e 2.750, respectivamente, seguidas pelas regiões Sul (1.320), Centro-Oeste (1.270) e Norte (1.210).

SINTOMAS DO CÂNCER INFANTOJUVENIL

Fique alerta aos sintomas

Com as tecnologias avançadas de hoje, a chance de cura é de aproximadamente 70%. Entretanto, para se chegar neste patamar é fundamental a atenção do pais e o diagnóstico precoce da doença

Fique atento aos sinais e aos sintomas do câncer infanto juvenil:

  • Dores de cabeça pela manhã e vômito;
  • Caroços no pescoço, nas axilas e na virilha, ínguas que não vão embora;
  • Dores nas pernas  que não passam e atrapalham as atividades das crianças;
  • Manchas arroxeadas na pele, como hematomas ou pintinhas vermelhas;
    Aumento de tamanho de barriga;
  • Brilho branco em um ou nos dois olhos quando a criança sai em fotografias com flash.
  • Perda de peso excessiva

Muitos desses sintomas são semelhantes aos de várias doenças infantis comuns, mas, se eles não desaparecerem em um prazo de 7 a 10 dias, volte ao médico e insista para obter um diagnóstico mais detalhado com exames laboratoriais ou radiológicos.

TRATAMENTO DO CÂNCER INFANTOJUVENIL

Quanto mais cedo melhor

Quimioterapia, radioterapia, cirurgia e o transplante de medula óssea são hoje os tipos de terapias utilizadas com eficácia para determinados tipos de doenças neoplásicas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), os tratamentos podem provocar efeitos e sintomas indesejáveis ditos secundários, uma vez que ao agirem sobre as células doentes, atingem também as células sadias.

Segundo a diretora da SOBOPE e oncologista pediátrica, Carla Macedo, o tratamento para cada tipo de câncer segue uma rotina, ou seja um planejamento terapêutico de um protocolo, que nada mais é do que um plano preestabelecido para tratar a doença. “Os protocolos são sempre definidos de acordo com o tipo de neoplasia, a idade do paciente, o estádio ou o grau de disseminação da moléstia e podem utilizar um tipo de tratamento ou a associação deles”.

O câncer infantojuvenil é, em geral, mais curável do que o câncer em pessoas adultas. As células responsáveis pelo câncer juvenil são denominadas como “embrionárias”, estas células têm capacidade de dividir-se rapidamente e com isso, acabam respondendo melhor ao tratamento.

 

Campanha #Eu Apoio o Setembro Dourado

Um mês inteiro dedicado as crianças

Juntos podemos fazer a diferença

Compartilhe esse movimento

O diagnóstico do câncer infantojuvenil deve ser preciso e rápido para responder o tratamento com melhor eficácia.

Neste mês de Setembro de 2016, o Grupo Erviegas levanta a bandeira na cor dourado junto a Biocare Medical, que juntas, oferecem uma vasta linha de produtos para exames e diagnósticos precisos. Juntas, destacam a importância da prevenção, tratamento e diagnóstico precoce do Câncer Infantojuvenil.

Neste mês desafiamos você à participar deste movimento alterando a sua foto do perfil no Facebook ou no Twitter em apoio as nossas crianças que lutam contra Câncer Infantojuvenil durante o mês inteiro de Setembro com a hashtag #SetembroDourado.

Para participar basta clicar no botão abaixo

Compartilhar este movimento

Dissemine essa ideia